UMA ROAD TRIP ÉPICA



MARROCOS

>

SONHO ANTIGO. Se aventurar pelo Marrocos já estava na nossa bucketlist há muito tempo, mas foi a decisão de transformar essa aventura numa road trip que fez nosso coração bater mais forte! S2

Já pararam pra pensar num país tão rico em cultura, história e donos de uma arquitetura milenar cenográfica?

Agora juntem com o icônico deserto do Saara, cadeias de montanhas com alguns dos mais altos picos da África, florestas de palmeiras e cedro, oásis, desfiladeiros, caniôns, souks, cidades azul, riads, medinas e suas vibes medievais. Acho que poderíamos encontrar mais umas 50 razões que fizeram do Marrocos um dos nossos destinos favoritos até agora.

> MARRAKECH

Nossa primeira parada: Marrakech! Numa conexão vindo de Lisboa e voando baixinho durante o dia, já sentimos que a viagem começou ainda dentro do avião! A ‘Cidade Ocre’ nos ganhou assim que chegamos na medina. Se tivéssemos que escolher palavras para resumir essa cidade seriam: Souks, Lanternas, Chás de Menta e Mosaicos Marroquinos.

> ROAD TRIP DIA 1: ALTO ATLAS

E a road trip começa no segundo que saímos de Marrakech! Alugamos um carro e seguimos ao sul em direção a Ouarzazate. Um dia na estrada é sempre cheio de surpresas, mas talvez não estivéssemos preparados para tudo de lindo que descobrimos :)

Preciso abrir um parênteses para contar que as estradas no Marrocos são incríveis! Pavimentadas, sinalizadas e com vistas de tirar o fôlego. A trip de mais de 1.500 km num loop de Marrakech a Tânger, e sentimos a estrada super segura em todo o caminho.

Nossa lindeza número ´uno´ foi cruzar a cadeia de montanhas do Alto Atlas. Minha gente, cada km que andávamos era uma novidade no horizonte.

> AÏT BEN HADDOU

Já do outro lado do Alto Atlas, chegamos no Ksar Aït Ben Haddou. Uma cidade literalmente C-E-N-O-G-R-Á-F-I-C-A! Patrimônio histórico e super bem conservada, ela ainda hoje é referência (e cenário) para vários filmes. Olha só isso e digam se não é digno de cinema.

> GORGE DU DADES E TOGHDA

Nesse dia ainda seguimos para dormir em Boumalne Dadès, para curtir o próximo dia inteirinho entre os Cânions (Gorges) de Dades e Todra. Uma região de cânions e gargantas que um dia também foi mar.

Anote isso: a paisagem muda COMPLETAMENTE a cada 50km, e essa é a melhor parte da aventura na estrada. Um dia recheado de desfiladeiros, florestas de palmeiras e deserto de pedra, até pisarmos nas dunas douradas do Saara.

> AHHHH, O SAARA!

Quase na fronteira com a Argélia, a pequena cidade de Merzouga é um hot spot para curtir a vibe do deserto na região de Erg Chebbi. Mesmo sendo bem explorada turisticamente, nós curtimos demás a noite no deserto. Música Berber feat. Luau criaram a atmosfera perfeita.

> DESTINO: FÈS

Pé na estrada, nos despedimos do Saara com destino a Fès. Esse foi o dia mais longo atrás do volante, mas com cada visu que fez valer a pena. Passamos por mercados, oásis e paramos para comer o que acabou sendo o MELHOR tagine de todo o Marrocos, bem ali na beira da estrada.

Ainda para completar, pouco antes de chegarmos em Fès atravessamos uma incrível floresta de cedro, nas montanhas do Médio Atlas, conhecida como a ´Suíça Marroquina´.

Enfim, Fès. A cidade imperial do Marrocos é dona de uma das maiores e mais antigas medinas do mundo, erguida no século 9. Deixamos o carro num estacionamento público na entrada da cidade antiga, e exploramos os labirintos da medina de Fès a pé.

Um pouco mais caótica que as outras cidades marroquinas, Fès el Bali é uma medina vibrante! Se prepare que aqui a arte do comércio e negociação são intensos (e quando digo intensos, quero dizer inteeeennnsssoooosssss rsrs). A visita ao curtume secular a céu aberto é um clássico e ficamos apaixonados pelas madraças.

> MONTANHAS RIF

Som na caixa e vento nos cabelos, começamos a subida pelas Montanhas Rif. Curvas suaves e dessa vez numa estrada mais local repleta de plantações e rebanhos, num cenário beeem diferente do deserto que estávamos há dias atrás.

> A PÉROLA AZUL DO MARROCOS: CHEFCHAOUEN

E no coração das montanhas tinha um sonho azul chamado Chefchaouen. Com sua medina toda em tons de azul-pastel, é impossível não ser contagiado pela good vibes do local e simplesmente relaxar. Nossa interminável busca por becos e escadarias azuis que não paravam de hipnotizar. Mas foi o pôr do sol iluminando as montanhas que cercam a pérola azul do Marrocos que ganhou nosso coração.

> E 1.500 KM DEPOIS...

E nossa última parada chegou. Até mesmo antes de devolver o carro no aeroporto de Tânger a gente já estava morrendo de saudades do Marrocos (pode isso gente??). Acho que foi tudo tão intenso nessa road trip épica que a gente já fez os planos para a próxima. Marrocos que nos aguarde, em breve estaremos de volta!


Veja o vídeo completo dessa road trip épica clicando aqui.

*

Posts Relacionados

Ver tudo

SOBRE NÓS

Somos Laion e Madu, um casal apaixonado por viagens, fotografia, surf e imãs de geladeira. Em 2015, inspirados por esse mundão incrível, nós decidimos embarcar numa jornada e queremos compartilhar experiências para despertar o espírito aventureiro que existe dentro de cada um de nós.

POSTS RECENTES

#PHOTOGRAPHER

Fotografia é uma paixão! Confira portfólio completo com os trabalhos e obras fotográficas das nossas expedições para prints, fine art, jobs, fotografias e filmografia completa

  • @projetodeboa
  • Projeto de Boa

#WANDERLUSTVIBES

Assine aqui para receber inspirações de viagens, lugares icônicos e ideias para aventuras memoráveis S2

2020. Todos os direitos reservados.