PUEBLOS & COLORES MÁGICOS

MÉXICO

> UMA HISTÓRIA DE COLORES. De lugares mágicos. De pueblos históricos, bem no coração da península de Yucatán, no México. Sentir toda a intensidade latente de uma cultura sendo contada em cada ruela que andamos foi algo tão forte, que pareceu surreal.

Uma fusão de mundo maia, história colonial espanhola, cenotes, mar azul e a melhor vibe relax de toda riviera. Sim, YUCATÁN!

E nesse primeiro post da série "México" vou te contar sobre as 3 cidades coloniais cheias de cores que conquistaram nosso coração.

> A HISTÓRICA CIDADE DE MÉRIDA

A maior cidade da península (e do estado de Yucatán) foi nossa primeira parada. Pegamos um vôo do Brasil para Cancún, e chegando lá alugamos um carro e fomos dirigindo para Mérida. O som com os melhores reggaetons c-l-á-s-s-i-c-o-s (sim, somos desses rsrsrs) marcaram essa nossa primeira parte trip com aquela vibe latina contagiante.

E o que falar sobre Mérida? Aaaahhh, uma cidade grande com todo aconchego de um pueblo histórico. Já nos ganhou assim que pisamos no centro e todos aqueles prédios coloniais roubaram a cena. Aqui a gente desenvolveu um novo vício: fachadas!

Comassim? Fachadas? :) Sim! A arquitetura dessa região merece um destaque especial. Um novo vício e tudo começou em Mérida.

1542 é o ano. Agora imagine a evolução disso ao longo dos séculos, com toda influência maia e espanhola num turbilhão histórico com franceses, ingleses, holandeses e até libaneses. Tudo isso resultou numa convergência arquitetônica sem igual, numa cidade que transmite presente, passado e futuro em cada detalhe.

A cidade que recebeu o título de "Capital Americana da Cultura" (já duas vezes!!!!!!!) faz valer cada explosão de sensações que tivemos nessa imersão no mundo iucateco. Uma região com uma identidade própria, desde a culinária até o dinamismo da rotina urbana ❤

E quer saber? Gosto muito de resumir em palavras-chave as razões que amamos nesse lugar, só para você (que está lendo) pegar essa chuva de ideias e conseguir entender o que sentimos :)

— Centro histórico, cafés, fachadas, brisa fresca, marquesitas, arquitetura colonial, civilização maia, praças, bancos-namoradeira, cacau, palácios, catedrais, montejo, cervezas, poc chuc & cidade-museu

Deu para imaginar? :)

> IZAMAL: LA MÁGICA CIUDAD AMARILLA

O pueblo mágico de Izamal é literalmente tirado de um sonho! Sabe realismo mágico? Difícil até de explicar todos os sentimentos que passaram em nossos olhos. Tão tão cheio de energia!! Imagina só traduzir em palavras essa cidade que desde da era pré-colombiana já era um lugar que guardava um dos maiores complexos espirituais maia...

Sim, um dos maiores berços da cultura maia e que depois veio a ser um dos grandes marcos da era colonial espanhola. Hoje também é chamada de "cidade das 3 culturas" por manter viva essa combinação das diferentes eras do passado e do presente de uma forma tão singular.

E todinha amarela 💛

Com uma clima bucólico apaixonante, te digo que é IMPOSSÍVEL não ser envolvido pela cidade. Chegamos nela em clima de fiesta e fomos recebidos só com sorrisos no rosto. Mas algo a mais que tem aqui nos transmitiu uma conexão sem igual.

Oficialmente um dos "Pueblos Mágicos" do México, a Cidade Amarela ganhou suas cores amarelas-douradas durante uma visita do Papa João Paulo II, em 1993. Seu legado histórico e essa inexplicável energia contagiante foram uma das nossas coisas FAVORITAS de toda a mex-trip.

(deixa agora eu só fazer uma pausa dramática para o icônico Convento de San Antonio de Padua)

E seguimos com esse amarelo cheio de amores... 'Colores Mágicos', é assim que chama né? S2

> VALLADOLID: NO MEIO DO TURBILHÃO MAIA

O pueblo fica quase no epicentro do mundo maia e é umas das bases para rota entre zonas arquelógicas, cenotes icônicos, ainda com todo patrimônio cultural da era colonial num feeling de uma cidade TIPICAMENTE IUCATECA.

(nota: para você se localizar, a cidade fica a 30 minutinhos de Chichén Itzá)

Juro que vou escrever um post só somente só sobre nossa "Rota Maia". Mas enquanto isso, vê só as fotos a seguir para entender por que essa fusão que acontece nos Pueblos Mágicos de Yucatán mexeu com a gente, em forma de cores perdidas em tons pastéis e vibrantes.

Ah! Um detalhe... Ficamos hospedados em uma hacienda tradicional mexicana, numa paz cercada por natureza bem nos arredores de Valladolid.

Era simplesmente impossível resistir ao vício com as fachadas aqui. Ouso dizer que uns 70% de todas as nossas fotos envolviam elas! kkkkk

Cores & arquitetura & pueblos! S2

> ¡MÉXICO!

Pueblos Mágicos! E todas as cores que tomaram conta da cena. A arquitetura que contou muitas histórias, com esse jeito cativo do povo mexicano de receber. Foi uma sintonia foi tão forte, maior até do que a gente imaginava!

Sinto que tudo que escrevi ainda não foi o suficiente para botar para fora tantos sentimentos. E mais do que tudo, esses lugares contam histórias em cores vivas. E mágicas!

Algo de especial acontece por aqui, e é sentindo com o olhar.

#porunavidaconmáscolores

*

SOBRE NÓS

Somos Laion e Madu, um casal apaixonado por viagens, fotografia, surf e imãs de geladeira. Em 2015, inspirados por esse mundão incrível, nós decidimos embarcar numa jornada e queremos compartilhar experiências para despertar o espírito aventureiro que existe dentro de cada um de nós.

POSTS RECENTES

#PHOTOGRAPHER

Fotografia é uma paixão! Confira portfólio completo com os trabalhos e obras fotográficas das nossas expedições para prints, fine art, jobs, fotografias e filmografia completa

  • @projetodeboa
  • Projeto de Boa

#WANDERLUSTVIBES

Assine aqui para receber inspirações de viagens, lugares icônicos e ideias para aventuras memoráveis S2

2020. Todos os direitos reservados.