YANGON E SUA 8ª MARAVILHA DO MUNDO


MYANMAR

>

"COMASSIM ESSE lugar não é uma das maravilhas do mundo?" Essa foi a primeira pergunta que fizemos sobre a INCRIVELMENTE MARAVILHOSA pagoda em Yangon, no Myanmar. Vão me faltar adjetivos para descrever o quão incrível (e surpreendente) foi conhecer esse lugar.

> HISTORY MOMENT

Vai aí um pouquinho de história para entender o significado e a importância desse templo. De acordo com a história budista, a pagoda tem mais de 2500 anos e surgiu para guardar relíquias do buda Gautama, e outros três budas antecessores a ele. Acredita-se que estejam entesourados 8 fios de cabelo do Príncipe Siddhartha e outras relíquias sagradas que foram doadas aos birmaneses pelo próprio Lorde Buda.

Essas relíquias estão guardadas lá no coração da estrutura dourada em forma de 'sino'. Uma pagoda é essencialmente uma construção em “camadas”, e Shwedagon também foi construída assim. A estrutura consiste numa pagoda de ouro envolvida por uma pagoda de prata, em seguida, coberta por outra de ouro e ligas de cobre, depois uma pagoda de bronze, mais uma pagoda de ferro e chumbo, outra de mármore, e, finalmente, em uma pagoda de tijolo de ferro, toda coberta por folhas de ouro.

> PQ TUDO É UMA QUESTÃO DE DETALHES

O monumento hoje tem 99m de altura, coberto inteirinho em ouro, com mais de 7000 diamantes, rubis e outras pedras preciosas. O complexo todo é o equivalente a 46 campos de futebol, e a E-N-O-R-M-E estrutura de 'sino' é ponto central do templo.

(E é enooooorme mesmo, olha só essa foto aqui e encontre os dois monges que estão escalando a pagoda para você ter uma noção da magnitude disso) ↓

Minha gente! A riqueza de detalhes e arquitetura disso aqui faz você achar que é irreal, e pensar: Como a gente sabe tão pouco sobre esse lugar?????

> MENINA DOS OLHOS

Bom, isso em grande parte por que até 2011 o Myanmar, anteriormente conhecido como Birmânia (ou Burma), era um país fechado para estrangeiros. A ditadura militar e uma super burocracia para tirar vistos ‘dificultavam’ a ida a esse país. Muito mudou e hoje o Myanmar é a “menina dos olhos” para uma grande aventura cultural.

Yangon é a antiga capital do Myanmar e a maior cidade do país. A nossa 8ª maravilha é definitivamente o ponto alto da cidade e, em nossa opinião, Shwedagon está para o Myanmar, assim como o Taj Mahal está para Índia. Um birmanês nos falou que todo budista deve peregrinar para cá pelo menos uma vez na vida, assim como os muçulmanos fazem com Caaba, em Mecca.

> MARAVILHA DE VIDA

A importância histórica, religiosa, cultural e arquitetônica por si só deveriam ser suficientes para que este monumento fosse uma das 7 maravilhas do mundo. Agora imagine tudo isso enquanto você entra na pagoda, com ela ainda brilhando no sol, e você descalço, sentindo a energia fluir com os pés no chão?!?!?!

Dar voltas sem rumo (no sentido horário, claro), observando o que cada pessoa está fazendo ali, até achar o dia da semana que você nasceu e fazer todo o ritual com preces e um pedido.

E se durante o dia aquela imensidão de ouro e mármore ainda não conquistaram seus olhos, espere o sol se por e ver então ela se iluminando a noite. Preces e cantos tomam o ar, e a luz dourada toma conta do céu. Aaahhh, é uma experiência tão cheia de emoções que não dá nem para colocar em palavras.

Pronto! Está decidido :) Elegemos SIM a 8ª maravilha do mundo e ela tem nome e sobrenome: Shwedagon Pagoda ❥

*

SOBRE NÓS

THAILAND_KOH_TAO_SUNSET_COUPLE_LOVE.jpg

Somos Laion e Madu, um casal apaixonado por viagens, fotografia, surf e imãs de geladeira. Em 2015, inspirados por esse mundão incrível, nós decidimos embarcar numa jornada e queremos compartilhar experiências para despertar o espírito aventureiro que existe dentro de cada um de nós.

POSTS RECENTES